quarta-feira, 3 de março de 2010

VINTE E DOIS



Hoje é um lindo dia. Conta a história de uma GRANDE garota. Mulher. Magra. Cabelos lisos. Que hoje está de unhas roxas. Que hoje tem 22 anos. E que hoje acordou com um lindo sol e percebeu os sintomas de quem fica mais velha: acordou cedo! Sim velho acorda cedo. Maaas eu ainda estou NOVA! E a cada ano me renovo. De novo. Sempre.


Tantas coisas poderia resumir. Tantos detalhes desapercebidos, tantas promessas cumpridas. tantos altos e baixos. Não eu não sou feliz todos os dias, porque tem dia que acordo com o cabelo amassado, tem dia que acordo com a unha descascando, tem dia que acordo de mau-humor (quase todos os dias). Tenho tpm todos os meses, metade deles. Mas hoje eu vi a maravilha de ser quem eu sou. Pode ser clichê. Eu gosto de Clichês. A família abençoada que Deus me deu, o alimento abençoado que Deus me deu. Os cachorros 'abençoados' do vizinho que Deus me deu. O namorado que Deus me deu. As amigas que Deus me deu. Nada é melhor do que acordar e perceber quem vive do seu lado e quem está a sua frente quando se olha no espelho.

É fantástico acordar e logo ir comprar um sapato novo, principalmente quando se faz vinte e dois anos. Principalmente quando se ganha o sapato. É fantástico acordar cedo (e eu não acordava nunca). É fantástico receber as amigas (ainda que seja poucas) para papiar e tomar tereré. É fantástico fazer o nosso doce para come(r)morar. Do nosso jeito. Do nosso gosto.


Eu, simplesmente, eu. Prestes a colar grau. Prestes a virar gente grande, quero pra sempre ser uma GRANDE garota. Nada como reconhecer no espelho quem está ali em frente. Sabe de uma coisa? Vou continuar com as minhas unhas de cores diferentes, com meus gostos diferentes e com todas as coisas abençoadas que Deus me deu. Vou continuar acordando de mau-humor e vez'enquando com o cabelo amassado. Porque eu sou gente. Mas quero pra sempre fazer os 'dois patinhos na lagoa'.





* Ps: faz tempo que não escrevo um texto. Faz tempo que não escrevo. E hoje vim aqui porque lembrei do blog. Acabei de escrever o texto aí de cima. Espero vir mais vezes assim, no impulso.
*Ps: Na foto, sou eu. Porque hoje, outra imagem não substituiria.

2 comentários:

Marina Cavalcante Lacerda. disse...

oooun que lindo *_*
2 Parabéns pra vc, um atrasado, pelo seu aniversário: Felicidades mil, felicidades sempre. E o outro é pelo 1º belíssimo texto que fizeste com 22 aninhos e assim,no impulso :D Beijos!

Fred Matos disse...

Parabéns, Jay.
Beijos