sexta-feira, 10 de abril de 2009

"OS BONS MORREM JOVENS"


Há uns 3 meses, perdi minha avó materna. Foi alguém muito, mas muuuuito importante na minha família. A base, o Sorriso, a alegria. Sempre uma cearense arretada e divertida. Alguém onde as férias era garantida, o final de ano era prazeroso e que fazia a melhor tapioca do mundo. Sempre cativante e apaixonada por politica, morava em uma cidadezinha na qual eu nasci e passei a maior parte das minhas férias. No mês de Janeiro desse ano, quando saí de casa para uma viagem de uma semana, ela estava em minha casa passando férias. Quando eu voltasse ela não estaria mais aqui, na minha cidade. Me despedi com um abraço apertado (e um final de semana antes gravei por hoooras um vídeo em que ela contava as histórias engraçadas num almoço de família) me desejando uma boa viagem e que eu aproveitasse muito as minhas amigas, me despedi desejando uma boa viagem à ela também e falei pra que ela não passasse tanto tempo sem vir pra Campo Grande. No dia em que ela foi embora, numa quinta-feira, viajou a manhã inteira e estava muito bem. Minha família recebeu a noticia que ela havia falecido no final da tarde. Todos os meus familiares foram então para a cidade que dava 5 horas da minha. Enquanto eu estava em uma formatura de uma amiga muito querida. Todos resolveram e acharam melhor não me contar na hora já que minha avó tinha comentado com eles que eu saí pra viajar muito feliz. Quatro dias depois, cheguei em casa e meus pais me contaram. Eu não sabia como reagir, fiquei sem chão. Não sei o que teria sido melhor, saber na hora ou não. Foi muito triste. Meus familiares tristes, chorando pela perda, com sentimento de culpa, e as nossas vidas mudando de algum jeito para sempre.
Esse texto, diferente de muitos aqui, eu não colocarei nenhuma ficção. São os meus sentimentos e o que eu mais quero deixar registrado não é a dor da perda, mas sim o sonho que tive que nunca mais esquecerei.
Ontem (09-04-09) quando amanhecia o dia eu tive um sonho lindo. Estava eu e uma amiga em um curso na minha igreja e na saída do curso alguém da minha família ia me buscar. Saindo da sala do curso dava em um salão bem grande, amplo cheio de cadeiras e logo vi que era um culto. De longe vi meu irmão quando olhei ao lado estava todos os meu familiares e duas cadeiras vazias onde logo fui sentar. No momento em que sentei ao lado da minha mãe vi a minha avó, linda sentada e sorrindo muito. Eu abracei pedi bença e fiquei olhando para ela como criança que olha um doce, maravilhada. Via rosas vermelhas ao lado dela e ela sorrindo muito me disse 'eu já estava com saudades, vocês não vão me ver'. E toda minha família alegre, sorrindo e olhando para ela. Eu estava achando ela linda, vislumbrando beleza, sorriso e alegria. Não conseguia parar de olhá-la. Após um bom tempo sonhando eu acordei. Eu nunca lembro dos meus sonhos, dificilmente acordo e recordo. Mas esse eu sei que foi Deus que me fez sonhar, foi Deus me mostrando como ela está linda e feliz. Foi Deus matando um pouquinho da nossa saudade. Eu não tive a oportunidade de tocá-la sabendo que seria a ultima vez, me despedi achando que nos encontraríamos de novo e depois desse sonho eu acredito que Deus me deu a melhor lembrança dela. Eu a amo muito e sei que onde ela estiver, está também os nossos corações. Acordei do sonho não conseguindo dormir, chorando e rindo muito, agradecendo a Deus pelo que Ele me deu.

Um comentário:

ma! =) disse...

me emocionei com o seu sonho. gostaria muito de ter um sonho desses com a minha avó, já faz alguns anos que ela faleceu, e eu nunca sonhei com ela depois de sua morte :(

beijão flor!