sexta-feira, 22 de maio de 2009


"... a cada dia, quando senta ao meu lado e sorri, o que você pensa ser um suspiro, sou eu bem baixinho dizendo:'Que bom que eu te escolhi!'"

Entrelinhas... eu não sei o que vou escrever. Coração saltitante. Tímido e sorridente. A menina sentou-se para conversar com Deus. Ultimamente tem feito muito isso. No carro. Em casa. Na rua. Fica contando pra Deus como tem sido seus dias. Deu algumas risadas. Pediu perdão por algumas coisas. Agradeceu também. Pediu conselhos para tomar algumas decisões.

Ela tem sido uma boa menina. Tem tido boas maneiras. Tratado as pessoas bem. Não tem discutido. Não tem brigado. Percebeu-se como a alegria faz bem. Sorrir vale a pena. Ela Disse a Deus que pensa em trabalhar grande. Viver intensamente. Ajudar pessoas. Ela contou a Ele que quer ter um bom namoro, que possível engate um casamento. Ela contou sobre seu futuro casamento. Foi engraçado, porque rindo, ela contou. Disse-lhe o que não abre mão que tenha na festa e na cerimonia. Sonha com o vestido de noiva, com a decoração. Mas antes de tudo vive pensando numa maneira deliciosa de ganhar dinheiro. Quer crescer profissionalmente. Quer ter uma carreira solida e bem resolvida. Quer crescer. Quer ser. Pensa nos filhos. Como vai cuidar. Como vai tratar. Ela tem vivido dias felizes para pensar nas possibilidades de tudo acontecer. Já não quer viver como uma princesa esperando seu príncipe. Escolheu quem quer que seja. Escolheu quem gostar. Liberou-se amar. Não vive sonhando, mas a vida tem lhe proporcionado isso. Não acredita nos planos, mas acredita que pode profetizar. Ela conversou tanto com Deus. Por horas. Pediu perdão por ter amado tanto sem nada em troca, no entando Deus não a perdoou porque Ele mesmo nos ensina a amar sem troca. Sem espera. Deus ouviu seus choros e viu algumas lágrimas caindo quando lembrou-se do que já viveu. Ela implorou pra Deus não deixá-la passar pelo mesmo. Ela contou-lhe dos seus sonhos durante as noites que tem feito acordar sorrindo. Ela contou-lhe dos desejos pra sua vida, das escolhas que quer fazer.

Deus riu de todos os planos que ela fez. Deus sorriu. E ela soube o porquê. Ela entendeu que se não for da vontade Dele, de nada valerá. Nenhum plano se cumprirá se não for da vontade Dele. Só Deus conhece os caminhos que Ela deve seguir. E ela descansou nisso.

JayC

"... O dia em que eu fui mais feliz, eu vi um avião..."

Um comentário:

Lisa disse...

Cara, INSPIRADOR. É o que esse texto foi pra mim. Até usei um trecho no meu ultimo post, espero que não se importe, coloquei o link pra cá. Se te incomodar me fala que eu tiro.

Mas serio, um dos posts que mais me tocou.

Obrigada, de novo. Sempre.