terça-feira, 5 de maio de 2009

Não demora agora
Há tanto pra gente conversar
Eu desejo e vejo, a rua você atravessar
E os teus passos largos já não me incomodam
Não te acompanho mais, caminho do meu modo
Teus olhos turvos, pouco sinceros
Não me atormentam quanto mais eu enxergo

Eu e você, podia ser
Mas o vento mudou a direção
Eu e você e essa canção
Pra dizer adeus ao nosso, ao nosso coração

Tá na minha frente
Não se perturbe verdade é pra falar
Sei que vai morrer um pouco
Mas ainda há tanto pra lembrar
O teu sorriso lindo, indefinido
Suas mãos tão quentes atravessando o meu vestido

Palavras que falávamos simultaneamente
No meu ouvido o teu discurso indecente

Eu e você, podia ser
Mas o vento mudou a direção
Eu e você e essa canção
Pra dizer adeus ao nosso...

Às vezes o amor
Escorre como areia entre os dedos
Não tem explicação para tantos erros
É melhor partir
Antes do último grão cair
Isabella Taviani - Último Grão

Um comentário:

Lisa disse...

Eu gosto da parte:
"É melhor partir
Antes do último grão cair"

Acho que é a forma de não fazer tudo que num momento era lindo se tornar ódio, rancor. É a arte de saber que acabou. É sacrificar antes que seja sacrificado. Relacionamentos às vezes são foda de manter, mas mais foda ainda saber como terminar.
Rá! Parece que vc segue sempre o meu fluxo! hahaha. As coisas acontecem comigo e quando entro no teu blog sempre tem algo a ver. Sintonia? Talvez.

Enfim, bom gosto musical.

Beijo, Jay!