terça-feira, 22 de março de 2011

A troca é um ato infeliz do amor, indica que não houve doação.

Falhar no amor é uma prova de que estamos levando a relação a sério. Os mornos não erram.

No amor, finjo um fim para ganhar importância de início.

O egoísta é aquele que é fiel a si mesmo. Vivo me traindo para ser fiel a um amor.


Carpinejar

Um comentário:

Jeniffer Haddad disse...

Que lindo! Me identifiquei com o texto HSUHSU